O dia que conheci a Sandy

15 de abril de 2017.
Essa data vai ficar pra sempre guardada no meu coração porque foi nesse dia em que eu conheci a Sandy.

Como eu já contei aqui no blog, trabalho no Edição do Brasil, um jornal impresso aqui de BH. E, como sabia que a Sandy viria pra cá, eu corri atras de tentar entrevistá-la. Mas eu nunca pensei que conseguiria. Foi super tranquilo o processo entre imprensa/assessoria. Eles foram bem solícitos, nos respondendo emails rapidamente, conversando por telefone e até mesmo pelo wpp.

Confirmada a entrevista, eu tinha que esperar. Foram longos 3 dias - entre a confirmação e a entrevista - e minha ficha simplesmente não caía. Eu nem fiquei ansiosa, porque eu realmente não estava crendo que eu veria a Sandy.

O dia da entrevista: Quando acordei parecia um dia normal. Tentei me ocupar a maior parte do dia para não ficar ansiosa demais. No horário marcado, eu e o Di, que é um dos jornalistas do Edição, estávamos lá. Os outros colegas da imprensa estavam tão nervosos como nós. Não é todo dia que se vê a Sandy, né? Quando o assessor dela fez o sinal para gente entrar, meu coração deu um salto. Mas nem assim a ficha caiu. Quando entramos na sala de atendimento, eis então, ela.

Ela foi super atenciosa com todos nós. Como éramos poucos, todos tivemos um momento para ser u pouquinho fã. Batemos um papo mega descontraído e ela me disse que os fãs mineiros são super especiais, e que por isso ela quis voltar com a turnê Meu Canto tão rápido - ela veio em Novembro do ano passado -. Ela também me disse que a música preferida do dvd é a Me Espera, em parceria com o Tiago Iorc e a Salto, que ela compos pro marido, Lucas Lima.


A Sandy também falou um pouco das suas parcerias musicais, e de seus planos pro futuro. Contou um pouco sobre sua família, e até sobre seu filho, Theo. Disse que ele escuta todas as suas musicas e tem até as suas preferidas. Ela até cantou um pouco pra gente. Não sei como consegui manter a calma nessa hora, mas por dentro eu estava quase explodindo. Não estava acreditando de jeito nenhum que estava conversando com ela.

Minha história com a Sandy Quem me conhece, sabe. Eu sou completamente apaixonada por ela desde que me entendo por gente. Acompanhei Sandy e Junior e agora a acompanho em sua carreira solo. Parece que em cada música, a Sandy fala diretamente comigo. Boba, eu? Para alguns posso até ser, mas, ouvir as músicas dela me faz um bem danado.


O show Claro, foi PERFEITO. Ela canta e encanta super. Nunca vi uma voz tão perfeita sem precisar de nenhum efeito. Ela é muito técnica e muito afinada. Cada música era um misto de sensações, dessa vez muito mais aguçadas porque eu tinha conhecido ela pessoalmente. Abraçado, conversado. Não acredito até agora. Um sonho realizado.

Eu e Di, meu chefe, amigo e companheiro de surto pós-Sandy

Por isso eu sempre digo: sonhem alto. Sem medo. Mas tenha esse sonho como um objetivo, e a partir daí as coisas vão vindo ao seu tempo. 

Um beijo e até o próximo post.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivo

Categorias

Voltar ao topo