16 jun

É fato. Vivemos em uma sociedade em que o consumo é exagerado. Isso tem inúmeros reflexos no nosso cotidiano, um deles é o acúmulo de produtos que podem demorar anos para se decompor, prejudicando o meio ambiente e afetando nossa qualidade de vida. A moda, como já falei aqui, é o segundo setor mais poluente do mundo. Na contramão disso, várias ideias que promovem o consumo consciente têm ganhado força, uma delas é a da rede de franquias Restaura Jeans.

Inaugurada recentemente em BH, o objetivo da marca é, diariamente, ir reduzindo o impacto ambiental no planeta. Como o próprio nome já diz, a ideia é restaurar peças através de tingimento, customização e concertos. “Uma calça vira bolsa. Uma camiseta pode ganhar um ar mais ousado ou fashion. Uma calça jeans modelo boca de sino transforma-se em skinny”, explica o diretor da unidade da Rastaura em BH, Edmar do Carmo.

O mais bacana da proposta é, que se uma peça no nosso guarda-roupa está parada por estar com o aspecto envelhecido, opaca ou até mesmo desbotada, não precisamos mais jogar fora, basta restaurá-la. “Se a humanidade não se preocupar com a preservação do meio ambiente, o caminho vai ficando mais curto para as próximas gerações¨.

Ele deu alguns exemplos de como a empresa funciona: para se fazer uma calça jeans, uma empresa comum gasta, desde o início da produção até ela estar pronta para venda, 1.840 litros de água. Em nosso processo de tingimento são consumidos apenas 70 litros. Toda água é tratada para voltar ao meio ambiente. Os produtos são importados da Alemanha – chique, né?

A unidade de BH fica na Rua Fernandes Tourinho, 1.040 – Lourdes.  Acesse o site da Restaura e conheça mais sobre esse processo. Siga o Modelando no instagram, basta CLICAR AQUI.

  1. Você tem consumido a moda de forma consciente? | Modelando out 15, 2019

    […] Leia também: Sabe aquela peça de estimação? Ela pode ficar nova de novo! […]